Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 1,02%

Nova York, 8 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou em baixa de 1,03% nesta sexta-feira, fechando uma semana de péssimos resultados devido à influência das quedas nos preços do petróleo e nas bolsas chinesas, além da crise diplomática entre Irã e Arábia Saudita.

Segundo dados provisórios, o Dow Jones perdeu 167,65 pontos, para 16.346,45. O seletivo S&P 500 caiu 1,08%, para US$ 1.922,03, e o índice composto da Nasdaq recuou 0,98% e fechou aos 4.643,63 pontos.

O pregão tinha começado com tendência de alta, impulsionado pelo bom panorama que recebeu dos mercados asiáticos, depois das turbulências dos últimos dias nas bolsas de valores da China.

Os índices sofreram uma primeira queda brusca antes da metade de sua duração, seguida por uma leve recuperação, mas duas horas antes do fechamento voltaram a operar em baixa, com uma queda que se intensificou na última meia hora de negociações.

Os analistas atribuíram a queda de hoje à incerteza que ainda persiste no mercado pelos problemas na economia chinesa e às novas quedas nos preços do petróleo.

Entre os 30 componentes do Dow Jones, apenas duas companhias não fecharam o dia com desvalorização em seus papéis. Uma delas foi a Apple, cujos títulos subiram 0,53%, mas não o suficiente para recuperar o patamar de US$ 100 por ação, do qual caiu ontem. A outra alta foi da Microsoft (0,31%).

As quedas mais acentuadas hoje foram das ações de Cisco (-2,48%), Wal-Mart (-2,29%) e Boeing (-2,27%).

No momento do fechamento dos mercados, o preço do ouro caía para US$ 1.103,30 a onça, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos recuava para 2,1209%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos