Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,17%

Nova York, 19 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em alta de 0,17%, após um rodízio de resultados empresariais melhores que o previsto e uma nova queda do preço do petróleo.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York somou 27,94 pontos, para 16.016,02. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,05%, até 1.881,33. enquanto o índice composto da Nasdaq caiu 0,26%, aos 4.476,95.

Os operadores em Wall Street protagonizaram um pregão de grande volatilidade que começou com fortes lucros graças a um rodízio de resultados empresariais melhores que o previsto, mas os avanços foram se diluindo em meio a uma nova queda do petróleo.

As entidades financeiras Bank of America e Morgan Stanley e o grupo sanitário Unitedhealth surpreenderam aos mercados com resultados trimestrais que ficaram acima do previsto pelos analistas.

Por outro lado, foi anunciado que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China continuou seu arrefecimento em 2015 até ficar em 6,9%, dentro do progressivo enfraquecimento do país, embora tenha se mantido dentro das previsões oficiais.

Os dados do PIB mostraram o menor crescimento em 25 anos, mas os mercados se dispararam pelo convencimento de que estes números implicam que o governo chinês aprovará novas medidas de estímulo monetário.

Os investidores em Nova York também estiveram atentos à evolução do preço do petróleo, já que o barril do Texas encerrou o dia com uma forte queda de 3,26%, cotado a US$ 28,46, enquanto o barril do Brent subiu 0,73% em Londres, até US$ 28,76.

O setor de telecomunicações (1,17 %) liderou os avanços em Wall Street, junto com o industrial (0,33%), o sanitário (0,26%) e o tecnológico (0,19%), enquanto o energético (-1,77%), o de matérias-primas (-1,21%) e o financeiro (-0,07%) registraram baixas.

A Unitedhealth (3,03%) liderou os lucros no Dow Jones, na frente de Procter & Gamble (2,33%), McDonald's (2,01%), Nike (1,34%), Wal-Mart (1,02%), Verizon (0,99%), Coca-Cola (0,99%), Cisco Systems (0,97%), Goldman Sachs (0,65%) e Travelers (0,63 %).

Do outro lado, as perdas foram puxadas pela Chevron (-2,56%), seguida por Dupont (-1,61%), Exxon Mobil (-1,57%), IBM (-1,45%), Caterpillar (-1,4%), Microsoft (-0,84%), Visa (-0,61%), Apple (-0,48%) e United Technologies (-0,46%).

Em outros mercados, o ouro caía para US$ 1.086,5 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos subia até 2,055%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos