Bolsas

Câmbio

PIB da Argentina cresce 0,5% no primeiro trimestre de 2016

  • Juan Mabromata/AFP

Buenos Aires, 29 jun (EFE).- O PIB (Produto Interno Bruto) da Argentina cresceu 0,5% no primeiro trimestre do ano em relação ao mesmo período de 2015, informou nesta quarta-feira (29) o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

Por outro lado, o Indec indicou, em comunicado, que o PIB do primeiro trimestre de 2016 registrou uma queda de 0,7% em relação aos últimos três meses do ano passado.

O órgão oficial de estatísticas da Argentina informou, além disso, que revisou para cima o cálculo do PIB de 2015, passando de 2,1%, valor informado em março, para 2,37%, segundo os novos dados.

Segundo o relatório oficial, a evolução macroeconômica do primeiro trimestre de 2016 determinou uma variação positiva na oferta global de 2,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, devido ao "crescimento de 0,5% do PIB e de 12,2% das importações de bens e serviços reais", indicou o comunicado.

Na demanda global, se observou uma variação positiva anualizada de 13% nas exportações de bens e serviços reais, e uma queda de 3,8% na formação bruta de capital fixo.

Segundo o Indec, isso ocorreu por causa da diminuição de 4,4% do investimento de construções, de 16,5% em outras construções, de 1,8% em máquinas e equipamentos, e de 1,3% em equipamentos de transporte.

No entanto, no primeiro trimestre, a alta do consumo público foi de 2,7%, enquanto o consumo privado cresceu 1,1%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos