AB InBev comemora decisão da China de autorizar fusão com SABMiller

Bruxelas, 29 jul (EFE).- O maior grupo mundial do setor de cerveja, a AB InBev, comemorou nesta sexta-feira a decisão do Ministério de Comércio da China de autorizar a compra de sua concorrente britânica SABMiller, um "marco importante" para uma fusão que a companhia belga pretende concluir durante este ano.

Em comunicado, a cervejaria belga explicou que o sinal verde de Pequim depende de condições, como que a AB InBev venda 49% das ações que a SABMiller possui na empresa do país asiático CR Snow para a companhia China Resources Beer, que já possui os 51% restantes.

Esta venda de ações está no entanto condicionada a que se materialize a união entre AB InBev e SABMiller.

A AB InBev lembrou que cumpriu "todas as condições" impostas para o fechamento da compra da SABMiller na União Europeia (UE), Estados Unidos e África do Sul.

Após a aprovação da China, esta fusão já conta com o sinal verde de 23 jurisdições, entre elas UE, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Índia, Colômbia, México, Chile, Equador, Uruguai, Quênia, África do Sul e Namíbia.

No dia 11 de novembro a cervejaria belga fechou a compra da SABMiller pelo valor de 71 bilhões de libras.

O objetivo é criar um gigante do setor, com marcas populares como Budweiser, Stella Artois, Estrella, Coors, Fosters Grolsch, Corona, Peroni e Brahmna.

A empresas resultante da combinação dos dois negócios, que será conhecida como Newco, produzirá 30% da cerveja que se consome no mundo todo, com presença em mais de 80 países e uma força de trabalho conjunta de cerca de 225 mil pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos