Itaipu assina acordo com ONU durante visita de Ban Ki-moon

São Paulo, 7 ago (EFE).- A hidrelétrica Binacional Itaipu, compartilhada pelo Brasil e Paraguai, assinou neste domingo um acordo de cooperação técnica com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), no marco da visita do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Em comunicado, a Itaipu informou que o programa procura a aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nos 54 membros da Associação de Municípios do Oeste do Paraná (Amop), que são as cidades brasileiras vizinhas à hidrelétrica.

O acordo foi assinado entre os diretores gerais de Itaipu, Jorge Samek (Brasil) e James Spaldin (Paraguai), e o representante do Pnud no Brasil, Niky Fabiancic.

Após ser testemunha da assinatura do acordo, Ban Ki-moon deixou o Brasil e seguiu sua viagem sul-americana pela Argentina.

O diplomata sul-coreano visitou o Brasil e participou na sexta-feira da inauguração dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Na sua visita à hidrelétrica e às cataratas do Iguaçu, Ban afirmou que em um "dia inspirador" a paisagem na tripla fronteira compartilhada por Brasil, Paraguai e Argentina era "assombroso".

O máximo representante da ONU elogiou a pesquisa tecnológica feita por Itaipu, uma hidrelétrica que "usa a força de água para a humanidade, para o desenvolvimento, a paz e a harmonia".

"As cataratas são tão poderosas e magníficas. Me senti muito humilde perante a força grandiosa da natureza. Expresso minha esperança sincera de que estes países vizinhos tenham a responsabilidade de administrar bem este patrimônio da humanidade de forma sustentável", acrescentou Ban.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos