PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Uruguai adverte de possíveis casos de raiva herbívora na fronteira com Brasil

08/08/2016 21h13

Montevidéu, 8 ago (EFE).- O Ministério de Pecuária, Agricultura e Pesca do Uruguai (MGAP) recomendou que os criadores de gado que trabalham na fronteira com o Brasil "tomem precauções" devido à aparição de "casos clínicos com sintomatologia similar à raiva herbívora" na cidade de Isidoro Noblía.

As autoridades pedem que os produtores alertem o ministério e serviços criadores de gado locais "perante a suspeita" da doença, transmitida ao gado pela mordida de morcegos hematófagos, conhecidos como vampiros.

"É importante realizar vacinação antirrábica das espécies suscetíveis a dita doença. Além disso, se aconselha comunicar aos serviços criadores de gado locais a presença de mordidas de morcegos hematófagos assim como de seus refúgios", acrescenta o texto emitido pelo MGAP.