May dará prioridade a acordo com a UE para comunitários expatriados

Londres, 21 nov (EFE).- A primeira-ministra britânica, Theresa May, revelou nesta segunda-feira que quer fechar "um acordo rápido" com a União Europeia (UE) para regular o status dos imigrantes comunitários no Reino Unido e dos britânicos que vivem na Europa continental.

May expôs esta prioridade durante seu discurso no congresso anual em Londres da patronal Confederação da Indústria Britânica (CBI), no qual ressaltou perante os empresários as "oportunidades que oferece o 'Brexit'".

"Quero um acordo rápido para os nacionais europeus no Reino Unido e para os britânicos no exterior", afirmou a chefe do governo, que respondeu assim à preocupação do setor sobre se a saída da UE pode comportar uma escassez de mão de obra qualificada.

May afirmou aos empresários que negociará com Bruxelas um acordo "que beneficie o Reino Unido e a UE", e insistiu que o "Brexit" oferece a este país a oportunidade de se transformar "no líder mundial do comércio livre".

A primeira-ministra afirmou também que o voto favorável à saída da UE de 23 de junho foi uma chamada de atenção de que "o capitalismo e a globalização não estão funcionando para todo o mundo", por isso que pediu ao setor empresarial que "se adapte e reforme" para assegurar que a prosperidade se reparte.

"Necessitamos de um novo enfoque, que permita que todo o mundo se beneficie do crescimento econômico", declarou, para insistir que essa é a única maneira de preservar os interesses do capitalismo ao qual seu partido está comprometido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos