CEO da United diz companhias tem que se adaptar a era das redes sociais

Nova York, 19 jul (EFE). - O diretor-executivo da United Continental Holdings, Oscar Muñoz, afirmou nesta quarta-feira que as empresas do setor aéreo tem que "se adaptar" à nova era das redes sociais.

"Estamos em nova era em tudo o que se refere às redes sociais e isso é algo que simplesmente temos que aceitar", disse ele ao canal "CNBC".

Muñoz respondeu desta forma ao crescente uso que muitos passageiros estão fazendo de sites como Twitter e Instagram para fazer queixas do tratamento que recebem das empresas. Em abril, a companhia teve que fazer frente a uma grave crise de imagem depois de expulsar violentamente um passageiro do voo, que chegou a processar a United e obrigar Muñoz a se desculpar em público.

O CEO afirmou que as prioridades da United são "confiabilidade, flexibilidade e informação" para os seus clientes, mas hoje admitiu que em algumas ocasiões as normas são "rígidas".

"Temos algumas regras rígidas que às vezes poderiam ser adaptadas em um determinado momento", disse Muñoz, que considerou importante saber comunicar aos passageiros que estão fazendo "o melhor possível" quando surgem problemas ou dificuldades.

A terceira maior companhia aérea dos Estados Unidos em volume de passageiros apresentou ontem os seus resultados. Duas horas depois da abertura de Wall Street, as ações da United caíam 4,22% na Bolsa de Nova York, onde se revalorizaram mais de 58% nos últimos 12 meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos