Falta de energia faz a aeroporto de Atlanta suspender operações

Miami, 17 dez (EFE).- Um corte no fornecimento de energia obrigou a direção do Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson, em Atlanta, no estado americano da Geórgia, a suspender as operações neste domingo, afetando milhares de passageiros.

Ainda não se sabe o que causou o problema no aeroporto, por onde passam 275 mil pessoas todos os dias, em cerca de 2.500 voos, o que o faz ser considerado como o de maior tráfego no mundo.

A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) divulgou uma ordem de "parada em terra" para todos os voos com destino a Atlanta, o que significa que os aviões que iriam para o Hartsfield-Jackson não devem decolar até segunda ordem.

Além disso, outros voos que iam para o aeroporto foram desviados.

A companhia elétrica Georgia Power informou que enviou várias equipes para corrigir o problema e que está trabalhando em coordenação com funcionários do aeroporto.

Muitas companheiras aéreas, entre elas a Delta Airlines, que mantêm seus principais centros de operações em Atlanta, pediu aos passageiros que revisem os status de seus voos.

Comentários nas redes sociais afirmam que operários que trabalham no aeroporto teriam cortado acidentalmente uma linha de transmissão de energia. A FAA não confirmou as informações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos