ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Suíça quer assinar acordo comercial com o Mercosul o mais rápido possível

20/02/2018 11h20

Genebra, 20 fev (EFE).- O conselheiro federal (ministro) da Economia da Suíça, Johann Schneider-Amman, quer acelerar a assinatura de um acordo de livre-comércio negociado pelo país com o Mercosul, um mercado de 260 milhões de consumidores.

O político suíço convocou nesta terça-feira uma reunião com representantes de 26 organizações do setor econômico e exportador, assim como do âmbito agrícola para fazer consultas principalmente sobre o dossiê da Agricultura num futuro acordo com Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

A Suíça procura um acordo o mais rápido possível em suas negociações com o Mercosul, já que a União Europeia (UE) também está negociando com esses países e, caso estas conversas terminem com sucesso, os exportadores suíços enfrentariam uma concorrência forte.

Na reunião de hoje o propósito era abordar como os acordos comerciais podem beneficiar os setores econômicos e agrícolas da Suíça, se bem que a União Suíça de Agricultores (USP, na sigla em francês) tenha preferido não participar do encontro.

O documento do Conselho Federal (Governo) suíço sobre a política agrícola para 2022 contempla uma abertura das barreiras aos produtos agrícolas e propõe, sobretudo, a intensificação de acordos de livre-comércio e uma redução da proteção aduaneira em vigor na Suíça.

Esta estratégia ainda deve ser abordada pelo Parlamento antes que seja submetida a um procedimento de consulta.

Mais Economia