PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Negociação entre UE e EUA continuarão, embora tarifas tenham sido mantidas

26/07/2018 13h46

Bruxelas, 26 jul (EFE).- A negociação sobre os compromissos fechados nesta quarta-feira entre União Europeia (UE) e Estados Unidos em matéria comercial continuará, embora Washington tenha decidido manter as tarifas ao aço e ao alumínio, para o que líderes de ambos os lados pactuaram buscar uma solução.

Fontes da UE confirmaram hoje que - se bem que a resolução deste assunto seja mencionada no comunicado conjunto emitido após a reunião entre os presidentes de EUA e Comissão Europeia - "não há uma relação particular" entre estas tarifas e o compromisso de reduzir as barreiras ao comércio entre ambos os blocos.

O compromisso comum inclui a vontade de "resolver" a questão das tarifas ao aço e ao alumínio imposto pelos EUA, embora não propõe um calendário concreto para revisar estas medidas.

A fonte explicou que seria "um bom sinal" que se resolvesse, porque ia representar "uma redução das tensões comerciais e na direção oposta a uma guerra comercial", mas destacou que é um assunto "independente".

Além disso, afirmou que, enquanto estas tarifas forem mantidas, a UE não retirará as medidas que aplicou em resposta.

Os líderes europeus insistiram várias vezes que a UE não negociaria sobre comércio com os EUA "com uma arma na cabeça", ou seja, enquanto fossem mantidas estas tarifas, que o bloco considera injustificadas.

Perguntado por este assunto, o porta-voz da Comissão Europeia (CE), Alexander Winterstein, disse que o presidente tinha dito que falaria com Donald Trump em condições de igualdade, "e isso é justamente o que fez".

"O resultado é uma situação em que ambas as partes ganham, isto é uma boa negociação", acrescentou Winterstein, ressaltando que "o importante é que agora há um processo estruturado de diálogo e compromisso e que não haverão decisões unilaterais durante estas discussões".