PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Dow Jones fecha em baixa de 0,30%

23/08/2018 18h50

Nova York, 23 ago (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em queda de 0,30% em mais um pregão com baixo volume de operações e marcado pela preocupação dos investidores com as tensões comerciais entre Estados Unidos e China e os problemas jurídicos de dois ex-colaboradores do presidente americano, Donald Trump.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 76,62 pontos e ficou com 25.656,98. O seletivo S&P 500 recuou 0,17%, para 2.856,98, e o índice composto da Nasdaq, que operou em alta a maior parte do dia, acabou caindo 0,13% e fechou aos 7.878,46 pontos.

O nervosismo dos investidores em Wall Street aumentou hoje após o novo pacote de sobretaxas que os EUA aplicaram sobre US$ 16 bilhões em importações chinesas. Os mercados também repercutiram a notícia de que o ex-chefe de campanha de Trump, Paul Manafort, foi declarado culpado por um júri de oito crimes financeiros, e a de que o ex-advogado do presidente, Michael Cohen, se declarou culpado em oito acusações, duas delas por violação da lei federal de financiamento de campanhas políticas.

Neste contexto e em relação às dúvidas sobre seu futuro na Casa Branca, Trump disse hoje em entrevista à rede de televisão "Fox" que se sofrer um impeachment, os mercados "afundariam", e a sociedade americana ficaria "mais pobre".

Não pareceu ter grande impacto no andamento do pregão uma inesperada queda semanal nos pedidos de seguro-desemprego, de 2 mil, para um total de 210 mil.

No Dow Jones, as quedas mais acentuadas foram dos papéis de Caterpillar (-2,03%), Goldman Sachs (-1,25%), Exxon Mobil (-1,10%), DowDuPont (-0,95%) e McDonald's (-0,93%). As altas mais expressivas foram das ações de Visa (0,68%), Home Depot (0,60%) e Microsoft (0,47%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.191,90, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em 10 anos subia para 2,826%.