PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,23%; S&P 500 e Nasdaq registram novos recordes

29/08/2018 18h50

Nova York, 29 ago (EFE).- Wall Street fechou com lucros notáveis nesta quarta-feira e alcançou recordes pelo quarto pregão consecutivo em duas das suas principais referências, o seletivo S&P 500 e o índice composto do mercado Nasdaq, impulsionados pela reunião entre os Estados Unidos e o Canadá para alcançar um acordo comercial.

No fechamento das operações, o Dow Jones, principal indicador da Bolsa de Nova York, subiu 0,23%, aos 26.124,57 pontos, enquanto o S&P 500 somou 0,57%, até 2.914,04, e o Nasdaq avançou 0,99%, fechando o dia com 8.109,69 pontos.

O pregão começou com algumas dúvidas, mas pouco mais de meia hora depois do início da jornada apertou o passo e começou a registrar grandes altas graças às declarações em tom positivo da ministra de Relações Exteriores do Canadá, Chrystia Freeland, antes de uma reunião com a administração americana.

Após os conflitos comerciais que o governo americano protagonizou nos últimos meses com países como China e Rússia, o pacto tranquilizou alguns investidores, embora ainda haja inquietação sobre se o Canadá também fará parte do acordo.

No Dow Jones, as principais altas foram das ações de Microsoft (1,60%), Apple (1,49%), Visa (1,26%), Cisco Systems (1,13%), DowDuPont (0,99%), McDonald's (0,91%), e Exxon Mobil (0,72%). As quedas mais acentuadas foram dos papéis de Walgreens (-0,89%), United Technologies (-0,65%), American Express (-0,53%), Walmart (-0,45%), JP Morgan (-0,33%), Boeing (-0,29%), e Verizon (-0,15%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.213, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em 10 anos subia para 1,1704%.