PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Canadá destaca "boa vontade" com EUA em contagem regressiva para novo NAFTA

30/08/2018 12h50

Washington, 30 ago (EFE).- A ministra das Relações Exteriores do Canadá, Chrystia Freeland, afirmou nesta quinta-feira que há "muitos assuntos complicados" a tratar "em muito pouco tempo", mas ressaltou a "boa vontade" de ambas as partes na negociação com os Estados Unidos para um novo Tratado de Livre-comércio da América do Norte (NAFTA) nesta sexta-feira.

"Ambas as partes continuam apresentando boa vontade na mesa de negociação. Há muitos assuntos complicados que precisamos solucionar em muito pouco tempo", Chrystia Freeland aos jornalistas na porta do Escritório do Representante de Comércio Exterior dos EUA, Robert Lighthizer.

A chanceler canadense chegou a Washington na terça-feira e, desde então, se envolveu com sua equipe em "intensas" jornadas de trabalho com os negociadores americanos, liderados por Lighthizer, sobre um novo NAFTA.

O chefe negociador de Washington afirmou que é preciso chegar a um consenso até amanhã, de modo que seja possível notificar com 90 dias de antecedência o Congresso sobre as mudanças no tratado comercial, como manda a legislação.

Após semanas de estagnação e sem avanços substanciais, o inesperado pacto comercial alcançado na última segunda-feira entre EUA e México elevou as opções de um novo acordo comercial, mas falta concretizar a incorporação do Canadá.

O NAFTA, em vigor desde 1994 entre México, Canadá e EUA e considerado até a chegada de Trump à Casa Branca um sucesso da integração comercial regional, engloba US$ 1 trilhão anuais em trocas comerciais.