ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Kia considera novo Soul 2020 como um veículo "especialmente latino"

29/11/2018 21h48

Los Angeles (EUA), 29 nov (EFE).- O gerente de marketing da Kia para o mercado hispânico nos Estados Unidos, Eugene Santos, afirmou nesta quinta-feira que é importante que as grandes montadoras reconheçam que os latinos não são "cidadãos de segunda", e, neste destacou o novo Soul como um veículo especialmente voltado a esse público.

Santos, que recentemente foi nomeado para o cargo que supervisiona as relações da companhia sul-coreana com os consumidores hispânicos, ressaltou que é necessário que as marcas tenham uma "conexão pessoal" com os latinos.

"Como latino, é muito importante que uma marca reconheça que não sou um cidadão de segunda, que sou uma pessoa que tem capacidade financeira para comprar um carro", disse o executivo em entrevista no Salão do Automóvel de Los Angeles, onde ontem a Kia lançou a terceira geração do Soul.

"Mas, mais que nada, é fundamental que essa companhia me conheça e o que culturalmente me movimenta. É muito importante, no meu cargo como gerente para o mercado hispânico saber como dar ao consumidor a sensação de quem somos como companhia, que nós lhes entendemos e sabemos o quão importante é um veículo para o seu bem-estar", acrescentou.

O executivo destacou ainda a importância de que, "nas campanhas e mensagens, não se venda o veículo por si, mas a sua qualidade, o seu valor".

"O mais importante é fazer essa conexão pessoal. Porque, se fizermos essa conexão pessoal, acho que o restante é mais fácil", afirmou.

Santos também considera que a nova geração do Soul, um modelo que despontou nos EUA há 11 anos e se transformou em um dos veículos mais icônicos da marca sul-coreana, é especialmente interessante para o mercado latino.

"Para nós, latinos, o veículo não é só uma forma de ir do ponto A ao ponto B, mas é uma extensão de nós mesmos, de como nos expressamos como pessoas únicas. Este veículo, acredito, dá a oportunidade de ampliar a sua expressão pessoal por meio dele", disse.

O executivo também afirmou que, como o consumidor latino é um dos que mais rapidamente se adaptam às novas tecnologias, as novidades da nova geração são uma trunfo para a sua aceitação por este segmento da população.

Santos destacou o novo sistema de luz ambiental que permite ao usuário mudar a cor do interior do veículo e sincronizá-lo com a música que se ouve através do sistema de "infotenimento" do Soul 2020.

"Não quero dizer que há uma boate dentro do veículo, mas a expectativa dos fãs do Kia Soul é poder se expressar com o carro, interiormente e por fora", declarou.

O novo Soul também incorpora um sistema de visualização 'head-up' que projeta no para-brisa informações vitais do veículo para que o motorista possa manter sempre os olhos em direção à pista.

A Kia explicou em Los Angeles que a nova geração do Soul estará disponível em seis versões: LX, S, X-Line, GT-Line, EX e EX Designer Collection. Além disso, o veículo contará com uma versão elétrica, o Soul EV.

Mecanicamente, o Soul 2020 está disponível com um motor de 2 litros e quatro cilindros que produz 147 cavalos de potência com uma transmissão manual de seis velocidades ou o câmbio CVT desenvolvido pela Kia que já equipa o Forte 2019.

A opção mais potente do Soul 2020 é o motor turbo de 1,6 litro GDI que, com uma transmissão automática de 7 velocidades, desenvolve 201 cavalos de potência.

Mais Economia