PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em baixa de 1,22%

22/01/2019 20h24Atualizada em 23/01/2019 12h05

Nova York, 22 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em baixa de 1,22% em meio a novas preocupações dos investidores com uma desaceleração do crescimento global e com a possibilidade de que as negociações comerciais entre Estados Unidos e China não avancem.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 301,87 pontos e ficou com 24.404,48. O seletivo S&P 500 caiu 1,42%, para 2.632,90, e o Nasdaq Composite recuou 1,91% e fechou aos 7.020,36 pontos.

No primeiro pregão da semana, já que ontem foi feriado nos Estados Unidos pelo Dia de Martin Luther King, os investidores mostraram pessimismo em relação às previsões sobre o crescimento econômico mundial que foram divulgadas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) - a expectativa de alta em 2019 foi reduzida para 3,5%.

Além disso, o governo da China informou que a economia do país cresceu 6,6% em 2018, o percentual mais baixo desde 1990, o que reativou o medo de uma desaceleração em ampla escala.

Também pesaram para o clima de pessimismo a notícia do cancelamento de uma reunião entre representantes americanos e chineses sobre assuntos comerciais que ocorreria nesta semana, e a possibilidade de que a Justiça dos EUA peça formalmente ao Canadá que extradite a diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou.

No Dow Jones, as principais quedas foram das ações de Caterpillar (-3,19%), DowDuPont (-3,13%), United Technologies (-2,49%), Goldman Sachs (-2,40%) e Apple (-2,24%).

As únicas altas foram dos papéis de McDonald's (1,10%), Nike (0,37%), Coca-Cola (0,23%) e UnitedHealth (0,07%).

No horário do fechamento da Bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.284,40, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em dez anos diminuía para 2,743%. EFE