PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

EUA e Huawei lideram ranking de pedidos internacionais de patentes em 2018

18/03/2019 21h11

Genebra, 19 mar (EFE).- Os Estados Unidos foram o país que mais pedidos internacionais de patentes apresentou em 2018, com 56.142, enquanto a chinesa Huawei liderou entre as empresas, informou a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI).

Protagonista de recentes conflitos diplomáticos entre EUA, China e Canadá, a Huawei apresentou 5.405 solicitações de patentes à OPMI, com uma grande distância para a segunda empresa do ranking, a japonesa Mitsubishi, com 2.812. O terceiro lugar ficou com a americana Intel, com 2.499 pedidos.

Seis das empresas líderes em novas patentes são da Ásia, região que, pela primeira vez, conseguiu somar mais da metade das solicitações globais registradas pela OMPI, com 50,5%. A Europa vem na segunda posição (24,5%) e a América do Norte em terceiro (23,1%).

"Isso constitui um marco importante para essa região tão dinâmica do ponto de vista econômico e consolida a tendência da atividade inovadora estar se deslocando do Ocidente para o Oriente", afirmou o diretor-geral da OPMI, Francis Gurry, em comunicado.

Após os Estados Unidos, os países com mais solicitações internacionais de patentes foram a China (53.345), Japão (49.702) e Alemanha (19.883). Entre os 15 líderes do ranking, destacam-se os crescimentos dos pedidos apresentados pela Índia, com uma alta de 27,2% em relação a 2017, e pela Finlândia (14,7%).

Na lista de instituições, a Universidade da Califórnia foi mais uma vez a primeira da relação, mantendo posto ocupado desde 1993, com 501 pedidos, seguida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), com 216, e a chinesa Universidade de Shenzen (201).

A OMPI destacou que, pela primeira vez, universidades chinesas entraram no 'top-10' do ranking. Além de Shenzen, também estão na lista a Universidade de Tecnologia da China Meridional, a Universidade de Tsinghua e a Universidade Chinesa de Mineração e Tecnologia.

As patentes internacionais são solicitadas com base no Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes (PCT), assinado por 150 países, que permite que a mesma descoberta seja registrada uma única vez.

A OMPI também publicou hoje a lista de principais solicitantes internacionais de marcas registradas. Os EUA ocupam o primeiro lugar (8.825 pedidos), seguido de Alemanha (7.495) e China (6.900).

Por empresas, a liderança do ranking ficou com a farmacêutica suíça Novartis (174). A empresa de cosméticos francesa L'Oreal (169) e a montadora alemã Daimler AG (129) completam o 'top-3'. EFE