PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Barril do Texas fecha praticamente estável

12/07/2019 16h43

Nova York, 12 jul (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em leve alta de 0,01% nesta sexta-feira, cotado a US$ 60,21, em uma semana na qual teve uma alta final de 5% em grande parte graças a uma queda na produção no Golfo do México por causa de uma forte tempestade tropical.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em agosto subiram US$ 0,01 em relação ao fechamento da sessão de ontem.

Os preços do petróleo registraram assim forte alta semanal, já que a produção de petróleo no Golfo do México caiu pela metade devido às interrupções causadas por uma tempestade tropical, embora as preocupações sobre um superávit mundial de petróleo nos próximos meses tenham limitado lucro.

A tempestade tropical Barry, que segundo os meteorologistas deve s e transformar em um furacão justo antes de tocar terra neste fim de semana, fez subir os futuros de petróleo à medida que as companhias petrolíferas no Golfo do México interrompiam a produção.

As companhias cortaram mais de um milhão de barris por dia (bpd) de produção, ou 53% da produção da região, enquanto a tempestade se dirigia para o litoral da Luisiana.

A Agência Internacional de Energia (IEA) prevê, no entanto, um aumento na produção de petróleo nos EUA que suprirá a lenta demanda global e dará lugar a um grande estoque no mundo todo nos próximos nove meses.

O relatório da IEA foi publicado um dia depois de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) prever um excesso de petróleo no ano que vem apesar de um pacto para restringir as provisões.

Nesse contexto, os contratos de gasolina com vencimento em agosto caíram US$ 0,02, para US$ 1,97 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,03, até em US$ 2,45 por cada mil pés cúbicos. EFE