PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Samsung apresenta TV que fica na vertical para conteúdo de smartphones

06/01/2020 15h23

Las Vegas, 6 jan (EFE).- A multinacional sul-coreana Samsung apresentou nesta segunda-feira um novo modelo de TV que gira sobre si mesma e pode adotar uma posição horizontal e vertical, esta última projetada para visualizar o conteúdo de smartphones.

Batizada como "Sero" (que significa "vertical" em coreano), a nova TV da Samsung possui uma tela de 43 polegadas, resolução 4K e cores QLED, e vem equipada com um suporte que a mantém elevada e permite a rotação da horizontal para a vertical e vice-versa.

A ideia é que os jovens usuários, que passam mais tempo assistindo ao celular do que a televisão, consultem o conteúdo de seus dispositivos portáteis em uma tela grande otimizada perfeitamente para esses dispositivos e que não inclui barras laterais pretas.

Desta forma, basta tocar na TV com o telefone para reproduzir o conteúdo do dispositivo móvel e girar imitando seus mesmos movimentos (normalmente a tela ficará vertical se você estiver consultando o Instagram ou Facebook, por exemplo, e horizontal se o vídeo estiver sendo exibido).

No caso dos smartphones Samsung Galaxy, essa rotação será automática, enquanto se outros dispositivos forem usados, ela deverá ser ativada manualmente, usando um botão no controle remoto.

A empresa sul-coreana apresentou o "Sero" na principal feira de eletrônicos para consumo no mundo, a Consumer Electronic Show (CES), que acontece atualmente em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Além do "Sero", a Samsung também apresentou o modelo de TV Q950TS ultrafino, com quadros praticamente inexistentes, de modo que eles dificilmente são visíveis a olho nu e o espectador tem a sensação de que a tela QLED de 8K atinge as bordas.

A empresa classificou essa tela de "Infinity" (infinito) e garante que a proporção tela/corpo seja de 99%.

Dada a falta de conteúdo 8K no mercado (um problema enfrentado pela Samsung e outras marcas nos últimos tempos), o Q950TS usa inteligência artificial para "escalar" o conteúdo HD ou 4K para 8K.