PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Israel terá reabertura integral do comércio de rua a partir de domingo

24/04/2020 15h21

Jerusalém, 24 abr (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta sexta-feira que os estabelecimentos comerciais de rua poderão reabrir integralmente a partir de domingo, em mais um passo do relaxamento de medidas impostas para contar a propagação da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Entre os negócios que poderão ser retomados, estão barbearias, salões de beleza. Shoppings e outros tipos de centro comerciais, no entanto, seguirão com atividades suspensas, apontou o chefe de governo, por meio de comunicado.

Lanchonetes, cafés e restaurantes que apenas poderiam fazer entregas a domicílio, agora poderão atender clientes, mas o que for vendido deverá ser comido fora do estabelecimento, para que sejam respeitadas determinação de distanciamento entre as pessoas.

Israel registrou, até o boletim mais recente, 14.880 casos de infecção pelo novo coronavírus e 193 mortes. Desde março, o governo impôs restrições para evitar o contágio, que começaram a ser relaxadas a partir do último domingo.

Desde então, houve aumento no transporte público, permissão para a reabertura de pequenos estabelecimentos comerciais e autorização de trabalho para 30% dos efetivos das empresas e indústrias que contam com, no máximo, dez pessoas.

Entre as condições que permitem a retomada de atividades na beira da rua, estão a colocação de barreiras de separação entre funcionários e clientes, a manutenção de dois metros entre os compradores e intensas normas de higiene. EFE

jma/bg