PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

EUA multam Copa Airlines por transporte "ilegal" de passageiros à Venezuela

Divulgação/Copa Airlines
Imagem: Divulgação/Copa Airlines

De Washington

18/06/2020 04h56

Os Estados Unidos impuseram nesta quarta-feira uma multa de US$ 450 mil à Copa Airlines por "transportar ilegalmente passageiros" entre seu território e a Venezuela, fazendo escalas.

Em comunicado, o Departamento de Transporte dos EUA disse que pediu à companhia aérea para que "pare e desista de violações semelhantes no futuro".

A nota detalha que a licença da Copa para operar voos de e para os EUA está condicionada a não transportar passageiros ou mercadorias de ou para qualquer aeroporto na Venezuela.

O Departamento de Transporte lembrou que uma ordem de 5 de maio de 2019 proíbe as companhias aéreas americanas e estrangeiras de transportar passageiros entre os Estados Unidos e a Venezuela.

De acordo com uma investigação do Departamento de Proteção ao Consumidor de Aviação, a Copa vendeu mais de 5.000 bilhetes para voos entre EUA e Venezuela e transportou mais de 15.000 passageiros nessa rota por quase um mês após o pedido ter sido emitido.

"Ao transportar passageiros entre os EUA e a Venezuela, a Copa violou os termos de sua autoridade para operar e conduzir operações de passageiros de e para os EUA", diz o texto.

Em meados de maio de 2019, os EUA anunciaram a "suspensão imediata" de todos os voos de e para a Venezuela, diante do que consideravam "condições" que ameaçavam a segurança dos viajantes, das aeronaves e das tripulações.

EUA e Venezuela suspenderam as relações diplomáticas depois que o governo do presidente Donald Trump reconheceu o líder da oposição, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela em janeiro do ano passado.