Dirigentes do BCE têm opiniões diferentes sobre perspectiva da zona do euro

Frankfurt

Os dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) mostraram visões divergentes sobre as perspectivas econômicas da zona do euro durante a última reunião de política monetária, em abril, mostra a ata do encontro.

Segundo o documento, as autoridades sugeriram que podem ajustar suas previsões para a economia da região na próxima reunião, entre 7 e 8 de junho. Isto abriria caminho para uma discussão sobre o momento para o início da retirada dos estímulos na bloco, que incluem juros abaixo de zero e um volume mensal de 60 bilhões de euros em compras de bônus.

No entanto, as autoridades também alertaram contra qualquer mudança abrupta na comunicação com os mercados sobre o futuro da política monetária. Outra advertência foi a de que a projeção para a inflação na região poderia ser reduzida.

"Alguns membros consideraram que os riscos ao Produto Interno Bruto (PIB) real podem ser caracterizados agora como amplamente equilibrados... outros defenderam que os riscos negativos ainda prevalecem", diz a ata.

Novos dados e projeções econômicas disponíveis para o encontro de junho colocarão os dirigentes "em uma posição melhor para reavaliar a sustentabilidade da recuperação e a perspectiva para a inflação", continua a ata.

O documento não deu indicações de que as autoridades podem mudar suas orientações para investidores sobre a forma da possível retirada dos estímulos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos