Bolsas

Câmbio

Fazenda vê inflação em queda 'do jeito que observador quiser olhar'

Francisco Carlos de Assis

São Paulo

O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Fábio Kanczuk, disse nesta terça-feira, 27, que a inflação está em baixa em todas as medidas que o observador quiser olhar. "A inflação está em baixa do jeito que você quiser olhar a inflação. Inflação cheia, inflação de alimentos, inflação de serviços... cadente. Superjoia. Uma conquista do Banco Central e do Ministério da Fazenda conseguirem domar a inflação que estava totalmente descontrolada um ano atrás", disse, durante o Ethanol Summit que ocorre em São Paulo.

Para ele, com a inflação cadente, o que acontece na economia é salário real pra cima. "O salário nominal mexe pouco, mas com a inflação cadente o salário real sobe e na ponta, em termos anuais, o salário real está crescendo 4%. Isso é importante porque há aumento do consumo pelo aumento do poder de compra", disse acrescentando que os juros estão para baixo.

Mas, segundo ele, não é só para o Banco Central que está caindo a taxa de juro. "Esse juro do BC está sendo transmitido na ponta, nos juros de empréstimos dos bancos. Eles ficaram altos por um tempo e agora estão caindo de forma abrupta. O spread está caindo. Está tudo joia. Você olha para todos os lados e as coisas estão com a cara superboa", reforçou o secretário.

O único ponto da economia em que não há um sinal claro bom, afirmou o secretário, é o emprego. Segundo Kanczuk, o emprego não volta porque é sempre atrasado com relação ao resto da economia. "Em geral é um atraso de quatro a cinco meses", disse. O secretário disse que a previsão da Fazenda é a de que o desemprego só comece a cair de verdade no terceiro trimestre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos