Bolsas

Câmbio

Alta do estoque da dívida até março deve-se basicamente aos juros, diz Tesouro

Eduardo Rodrigues e Fabrício de Castro

Brasília

A coordenadora de operações da Dívida Pública Federal, Márcia Tapajós, disse nesta sexta-feira, 27, que a alta no estoque da dívida de janeiro a março se deveu apenas à apropriação positiva de juros. Em março, a DPF chegou a R$ 3,636 trilhões, alta de R$ 77,06 bilhões em relação ao fim do ano passado.

"Tivemos resgates líquidos nos primeiros meses do ano e com a emissão líquida de março praticamente zeramos esse saldo. Portanto, a variação na DPF ocorreu pelo impacto de juros", explicou a coordenadora.

Márcia destacou o vencimento grande de LFTs em março, no volume de R$ 51,9 bilhões, de um total de R$ 53,69 bilhões em resgates.

Segundo ela, por outro lado, houve um grande volume de emissão de papéis prefixados no mês passado, de R$ 45,37 bilhões em um total de R$ 77,64 bilhões emitidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos