Bolsas

Câmbio

Correção: BC da Argentina eleva taxa de juros em 3 pontos, a 30,25%

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. A taxa subiu para 30,25%, não como constava. Segue o texto corrigido:

O Banco Central da Argentina decidiu nesta sexta-feira elevar os juros em 3 pontos porcentuais, a 30,25%. O anúncio é feito apenas três dias após uma reunião na qual os dirigentes haviam decidido manter a taxa básica de juros.

Nos últimos dias, o BC argentino tem feito intervenções diárias robustas no mercado de câmbio, em um esforço para interromper a desvalorização do peso. Além do quadro externo, com uma trajetória de aperto monetário gradual nos Estados Unidos, que tende a apoiar o dólar, influem questões internas do país, como a posição fiscal e a elevada inflação.

Ontem, o Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) havia alertado que um ajuste fiscal lento poderia afetar "criticamente os níveis da dívida" do país. O BNP Paribas, por sua vez, também destacou a necessidade de um ajuste fiscal maior e alertou para o risco de que fosse necessário uma desvalorização cambial considerável. Para o BNP, outro problema é a baixa credibilidade do BC, que teria adiado ajustes necessários antes das eleições legislativas vencidas pelos governistas ligados ao presidente Mauricio Macri, em 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos