PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Petrobras diz que não subsidiará preço do diesel e não incorrerá em prejuízo

Fabiana Holtz

São Paulo

28/05/2018 10h08

A Petrobras informou na manhã desta segunda-feira, 28, que não subsidiará o preço do diesel e não incorrerá em prejuízo, uma vez que será ressarcida pela União, após a redução anunciada no domingo (27) pelo governo federal de R$ 0,46 por litro. A companhia ressalta que o corte será alcançado por meio de redução da carga tributária e da subvenção a ser paga pela União.

Em fato relevante, a estatal ressalta que a redução inicial será mantida por 60 dias e após esse prazo os ajustes de preço do diesel passarão a ser mensais.

A companhia já havia reduzido em R$ 0,2335 por litro o valor médio do óleo diesel rodoviário comercializado em suas refinarias em 24 de maio, por um prazo de 15 dias. Após esta data, será aplicado o novo programa anunciado pelo governo. "A companhia está avaliando as medidas anunciadas e as alterações legais que entrarão em vigor", acrescenta a estatal.