PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

China pede que sejam aceleradas emissões de bônus de governos locais

Pequim

14/08/2018 09h49

O Ministério das Finanças da China pediu nesta terça-feira que sejam aceleradas as emissões de um tipo de bônus do governo local. A medida é a mais recente de Pequim para elevar o investimento em infraestrutura como maneira de combater a desaceleração econômica.

O governo de Pequim pediu aos governos nos níveis provinciais que planejem a emissão desses bônus com propósito especial e que garantam que 80% dessa emissão planejada seja concluída até o fim de setembro. Os bônus restantes devem ser emitidos principalmente em outubro, afirmou o ministério em comunicado.

O dinheiro obtido com essas emissões é normalmente usado para projetos locais de infraestrutura. Segundo os dados oficiais mais recentes, os governos locais chineses emitiram 367,3 bilhões de yuans (US$ 53,35 bilhões) desses bônus no primeiro semestre, enquanto Pequim planeja no total emitir 1,35 trilhão de yuans nesses bônus.

O Ministério das Finanças ainda orientou os governos locais a usar o montante conseguido com essas emissões o mais rápido possível para acelerar projetos de construção. Nas últimas semanas, lideranças chinesas têm dito que manterão uma política fiscal "proativa" e elevarão os gastos dos governos locais, com o objetivo de apoiar o crescimento, em meio a um conflito comercial com os Estados Unidos. Fonte: Dow Jones Newswires.