PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

China está comprometida em reduzir endividamento do governo, diz autoridade

Pequim

16/08/2018 10h04

A China continuará com seus esforços para reduzir as dívidas, apesar da desaceleração do crescimento econômico, disse Chen Hongwan, chefe do departamento fiscal e financeiro da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma.

No longo prazo, a campanha de redução do endividamento do governo ajudará a aliviar os riscos financeiros e fortalecer o potencial de crescimento da China, destacou Hongwan em comunicado.

"Escolher o caminho certo, o momento certo ajudará [a gente] a perceber um desenvolvimento de alta qualidade", disse Chen.

A relação entre ativos e passivos de todas as empresas estatais ficou em 64,9% no final de junho, ante 65,6% no início do ano, disse a autoridade.

O crescimento do investimento em ativos fixos fora dos domicílios rurais desacelerou para uma baixa de quase duas décadas a 5,5% nos primeiros sete meses do ano, mostraram dados oficiais divulgados na terça-feira, em parte devido aos esforços do governo para conter governos e empresas de acumularem dívidas para controlar os riscos.

Pequim lançou nas últimas semanas uma série de medidas para estimular o crescimento econômico, aumentando os empréstimos bancários e pedindo que as regiões acelerem a emissão de títulos para apoiar projetos de infraestrutura. Fonte: Dow Jones Newswires.