PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Serviços em 12 meses voltam a cair após rompimento de marca negativa em novembro

Daniela Amorim

Rio

14/02/2019 13h00

A taxa do volume de serviços prestados acumulada em 12 meses voltou ao negativo em dezembro de 2018 após o resultado de novembro ter interrompido uma sequência de 41 meses no vermelho, lembrou Rodrigo Lobo, gerente da Pesquisa Mensal de Serviços no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Eram 41 taxas negativas seguidas interrompidas pelo 0,0% (de novembro), agora volta a ficar negativo em 12 meses (-0,1% em dezembro)", ressaltou Lobo.

No fechamento de 2018, ficaram positivos os setores de Serviços prestados às famílias, com alta de apenas 0,2%; Outros serviços, com aumento de 1,9%; e Transportes, com avanço de 1,2%.

A alta de serviços prestados às famílias, ainda que modesta, interrompeu uma sequência de quatro anos seguidos de perdas. A melhora em 2018 foi puxada pelo segmento de hotéis, disse Lobo. Já os Outros serviços cresceram mais, 1,9%, mas depois de cinco anos de quedas seguidas.

Quanto aos Transportes, o avanço de 1,2% é praticamente metade da alta de 2,3% registrada em 2017.

"Transporte reduz o ritmo de crescimento, acompanha muito o movimento da indústria", justificou Lobo.