PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Noruega propõe exclusão de empresas do setor de energia de fundo soberano

Monique Heemann

São Paulo

08/03/2019 08h18

O governo da Noruega divulgou um comunicado nesta sexta-feira para propor a exclusão de companhias classificadas como de exploração e produção do setor de energia do fundo soberano do país, com objetivo de reduzir o risco agregado do preço do petróleo na economia norueguesa. O fundo soberano norueguês é o maior do mundo, com ativos de mais de US$ 1 trilhão.

"O objetivo é reduzir a vulnerabilidade da nossa riqueza comum a um declínio permanente do preço do petróleo", diz o texto, divulgado no site no Ministério da Economia da Noruega e atribuído à titular da pasta, Siv Jensen.

Segundo o comunicado, a proposta "não reflete qualquer visão específica sobre o preço do petróleo, a rentabilidade futura ou a sustentabilidade do setor petrolífero". Jensen reforça que a proposta de exclusão se trata se "diversificar". As empresas de exploração e produção serão gradualmente eliminadas do fundo ao longo do tempo, e os planos serão preparados em consulta com o Norges Bank, o banco central do país.

"Uma redução permanente no preço do petróleo terá implicações de longo prazo para as finanças públicas", reforça o texto. A decisão baseia-se, diz ainda o comunicado, nos pareceres e avaliações do Norges Bank e de um grupo de peritos.