PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Montezano: chegou demanda da Fiocruz, mas Mandetta garantiu suporte

Denise Luna

22/03/2020 18h24

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Gustavo Montezano, confirmou neste domingo, 22, que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está fora do pacote de ajuda do banco anunciado neste domingo, como antecipou o Broadcast/Estadão.

Ele disse que recebeu a demanda de ajuda, mas que em comum acordo com a presidente da fundação, Nísia Trindade, e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ficou decidido que os recursos seriam suportados pelo ministério.

"A gente joga como time e cada um faz a sua missão, cada um faz a sua função. Esse caso da Fiocruz, chegou sim essa demanda do banco, mas a Fiocruz é um organismo dentro do Ministério da Saúde. Prontamente conversei como o ministro Mandetta e ele me garantiu, assim como a presidente da própria Fiocruz, que os recursos estariam suportados pelo Ministério da Saúde", explicou.

Montezano disse que teve "total conforto da presidente e do ministro de que não faltarão recursos, e nem qualquer atraso", e que foi tomada a decisão conjunta de concentrar esforços do BNDES para outros setores e segmentos da sociedade "que precisam mais neste momento", afirmou, referindo-se às medidas que estão sendo tomadas para tentar minimizar o impacto da queda de demanda da economia por conta do coronavírus nos próximos meses.

PUBLICIDADE