PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

FNP diz que refinaria da Petrobras em Cubatão tem 10 trabalhadores contaminados

Denise Luna

12/05/2020 22h12

Já são dez os casos de infectados pelo novo coronavírus na Refinaria Presidente Bernardes Cubatão (RPBC) e 13 casos suspeitos, segundo a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP). De acordo com o secretário geral da entidade, Adaedson Costa, os demais trabalhadores da unidade estão apreensivos e já discutem uma possível paralisação.

"O problema de se fazer uma greve esse momento é sobrecarregar a equipe que fica dentro da refinaria e a possibilidade de afetar a produção de combustíveis, essencial diante de uma pandemia como estamos vivendo, mas já estamos começando a conversar sobre isso, os empregados estão muito assustados", explicou o sindicalista.

Ele acusa a Petrobras de ter demorado a tomar medidas como a testagem dos empregados nas refinarias e de isolar apenas os trabalhadores contaminados, deixando na operação das unidades, tanto no refino como nas plataformas de produção, os demais empregados que tiveram contato com os infectados.

Segundo ele, denúncias têm sido feitas tanto à empresa como ao Ministério Público do Trabalho (MPT), mas até o momento a testagem só chegou ontem à Refinaria Duque de Caxias (Reduc/RJ). A FNP afirma que vem pedindo à empresa a redução de efetivo nas unidades para reduzir as chances do contágio, mas não tem sido atendida.

Nesta terça-feira a Petrobras informou que ao longo da semana a testagem rápida vai ser estendida às demais refinarias, termelétricas e Unidades de Processamento de Gás Natural (UPGN) da companhia. A estatal não comenta porém os casos de Covid-19 entre os empregados, alegando que seria invasão de privacidade dos seus funcionários.

Costa informou ainda, que na última semana três petroleiros terceirizados da Manserv, que presta serviço de manutenção na plataforma P-66, no pré-sal da bacia de Santos (campo de Lula), foram desembarcados por conta da pandemia. Dois deles por apresentar sintomas da Covid-19, o terceiro por dormir no mesmo camarote.

"No exame preliminar, feito com teste rápido, não apresentaram a doença, mas posteriormente dois deles tiveram resultado positivo após teste molecular", informou o sindicalista.

De acordo com Costa, na sexta-feira será realizada uma reunião com a empresa para discutir medidas urgentes no combate ao Covid-19 entre os empregados da estatal.