PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Até agora, nenhum dirigente registrou resultado positivo para covid-19, diz BC

Prédio do Banco Central em Brasília - ADRIANO MACHADO
Prédio do Banco Central em Brasília Imagem: ADRIANO MACHADO

Fabrício de Castro

Brasília

07/07/2020 15h47

O Banco Central informou na tarde de hoje, por meio de sua assessoria de imprensa, que, "em função de algumas atividades presenciais, os dirigentes do BC têm adotado como prática realizar testes periódicos de detecção da covid-19". Conforme a autarquia, "até aqui, nenhum dirigente do BC registrou resultado positivo para a covid-19".

Como informou nesta terça o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, esteve pela última vez com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), no dia 25 de junho, uma quinta-feira. Na ocasião, os dois se reuniram às 9 horas, no Palácio do Planalto, em Brasília, para tratar de "assuntos governamentais".

O registro consta em agenda diária de Campos Neto, publicada no site do BC. Desde então, o presidente do BC não se encontrou mais, presencialmente, com Bolsonaro.

Hoje, Bolsonaro afirmou que contraiu o novo coronavírus. O resultado foi anunciado por ele em entrevista a jornalistas de TVs no Palácio da Alvorada. O exame para detectar a covid-19 havia sido feito no dia anterior.

O presidente do BC e os diretores da autarquia têm passado por exames nos dias que antecedem o encontro do Copom (Comitê de Política Monetária) do BC, cujas reuniões são sempre presenciais, na sede da autarquia. O último encontro do Copom ocorreu nos dias 16 e 17 de junho.