PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Apesar de queda no PIB, Guedes diz que país é um dos primeiros a se recuperar

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Economia, Paulo Guedes - Gabriela Biló/Estadão Conteúdo
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Economia, Paulo Guedes Imagem: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Thaís Barcellos e Lorenna Rodrigues

São Paulo

14/09/2020 10h41

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a afirmar que o Brasil é uma das primeiras economias do mundo a se recuperar do impacto da pandemia de coronavírus, em evento online da Confederação Nacional de Municípios (CNM), ainda que o país tenha uma queda recorde no PIB.

Ele citou o setor de construção civil, que, disse, aumentou o número de empregos durante a crise, de 55 mil para 61 mil trabalhadores. "E menos de 10 mortes. Houve preservação de vidas e empregos. Foram criados protocolos."

Guedes ainda afirmou que o presidente Jair Bolsonaro tem dito que quer descentralizar decisões de meio ambiente e saneamento para Estados e municípios.

Segundo o ministro, os Estados e municípios terão participação ativa na retomada do crescimento e na "reativação da fronteira de investimentos", principalmente diante do novo marco do saneamento, do choque do gás e de novas regulamentações do setor elétrico, de logística e da cabotagem.

"Os prefeitos vão decidir em leilões de saneamento, de concessões, se querem empresas públicas ou privadas", afirmou ele.