PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Redução na receita com gestão de FGTS, de R$ 2,2 bi, pesou no lucro, diz Caixa

Aline Bronzati e André Ítalo Rocha

São Paulo

18/03/2021 14h46

O resultado da Caixa Econômica Federal no ano passado foi impactado pela redução dos juros, pela covid-19 e pela perda de receita com a que recebe para gerir os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A explicação foi dada nesta quinta-feira pelo presidente do banco, Pedro Guimarães.

"Tivemos uma redução muito forte de receita com a gestão do FGTS, de R$ 2,2 bilhões no ano passado, em termos de lucro, que foi de R$ 13,2 bilhões", disse o executivo, em teleconferência com a imprensa, para comentar os resultados de 2020.

No ano passado, a Caixa aceitou cortar o quanto cobra para gerir o FGTS em troca de manter o monopólio do serviço.

A taxa foi diminuída pela metade, passando a ser de 1% em janeiro de 2020.