PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Bancos fecham nos feriados antecipados de SP, mas datas de contas são mantidas

Bancos fecham durante feriado antecipado em SP, mas  datas de vencimento de contas, boletos e tributos estão mantidas - Divulgação
Bancos fecham durante feriado antecipado em SP, mas datas de vencimento de contas, boletos e tributos estão mantidas Imagem: Divulgação

Renata Okumura

23/03/2021 16h14

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou na quinta-feira passada, 18, que a cidade de São Paulo irá antecipar feriados municipais com o objetivo de reduzir a circulação das pessoas em meio a um cenário de alta de casos de covid-19. Somados com o fim de semana e a Páscoa, a capital paulista terá dez dias seguidos de recesso.

Atentos às necessárias medidas de prevenção, os bancos irão dar prioridade ao atendimento por seus canais digitais nas localidades em que houver a antecipação de feriados ou com restrições mais rigorosas de isolamento social.

Serão antecipados os feriados de Corpus Christi de 2021 e 2022, da Consciência Negra de 2021 e 2022, além do aniversário da cidade de 2022 para os dias 26, 29, 30 e 31 de março e 1° de abril de 2021.

Confira os feriados antecipados em São Paulo:

  • 26 de março - sexta-feira - feriado antecipado
  • 27 de março - sábado
  • 28 de março - domingo
  • 29 de março - segunda-feira - feriado antecipado
  • 30 de março - terça-feira - feriado antecipado
  • 31 de março - quarta-feira - feriado antecipado
  • 1º de abril - quinta-feira - feriado antecipado
  • 2 de abril - sexta-feira - Paixão de Cristo
  • 3 de abril - sábado
  • 4 de abril - domingo - Páscoa

"Os bancos recomendam a seus clientes e a população em geral concentrar, ao máximo, suas atividades bancárias via aplicativo de celular e internet, pelo atendimento telefônico e nos caixas eletrônicos, nas salas de autoatendimento das agências e caixas 24 horas", disse, em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Ainda segundo a entidade, observados os decretos e legislações locais dessas cidades, bem como a regulamentação federal que rege o funcionamento do setor bancário, haverá, em caráter excepcional, atendimento presencial e contingenciado, mediante triagem, controle e adoção de rígidos protocolos sanitários, em especial para os casos de recebimento de benefícios sociais, pagamento de salários, aposentadorias e pensões àqueles que não têm acesso a canais digitais ou remotos.

As datas de vencimento de contas, boletos e tributos estão mantidas. "Os bancos, por iniciativa própria, não podem alterar essas datas, pois observam as condições contratuais com os emissores dos boletos e as normas de liquidação e compensação de pagamentos do Banco Central. Todas poderão ser pagas pelos canais digitais ou nos caixas automáticos, sem a necessidade de deslocamento às agências bancárias", afirmou.

Desta forma, quem deixar para pagar alguma conta em alguma data que teve feriado antecipado, deve usar os canais digitais ou caixas eletrônicos. A Febraban ressalta a importância da utilização dos canais digitais para atendimento dos serviços bancários a fim de evitar a concentração de pessoas nas agências.

Bolsa de Valores mantém calendário de funcionamento

Apesar da antecipação de feriados na capital paulista, em razão da pandemia da covid-19, a Bolsa de Valores brasileira, a B3, afirma que manterá o calendário original de funcionamento. Apenas em 2 de abril, feriado já estipulado anteriormente de Paixão de Cristo, não haverá pregão no dia.

"Em virtude da divulgação pela Prefeitura do Município de São Paulo da decisão de antecipar o calendário de feriados municipais (Decreto 60.131/2021), a B3 afirma que manterá, inclusive no tratamento previsto para as datas originais dos feriados municipais, o calendário que consta do Ofício Circular 150/2020-PRE, de 17 de novembro do ano passado, complementado pelo Ofício Circular 003/2021-PRE, de 21 de janeiro deste ano. Assim, a B3 reforça que nos dias 26, 29, 30 e 31 de março, assim como 1º de abril, haverá atividades de registro, negociação, depósito centralizado, compensação, liquidação e de infraestrutura para financiamento", disse, em nota.

PUBLICIDADE