PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Bolsonaro critica Alexandre de Moraes por suspensão de parte do corte de IPI

Jair Bolsonaro, pelo PL - EPA/JOEDSON ALVES
Jair Bolsonaro, pelo PL Imagem: EPA/JOEDSON ALVES

Bruno Luiz e Iander Porcella

Salvador e Brasília

30/05/2022 20h24

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira, 30, desta vez por causa de uma liminar concedida pelo magistrado que suspendeu o corte do IPI para produtos produzidos no País como um todo, incluindo os que são fabricados na Zona Franca de Manaus. As declarações do chefe do Executivo foram dadas durante entrevista ao programa Alerta Nacional, da Rede TV, gravada no último sábado, 28, em Manaus, e exibida nesta segunda-feira, 30.

"Qualquer coisa que entra na mão do Alexandre Moraes, ele dá contra mim. O que queremos com a redução do IPI? A reindustrialização do Brasil. A solução para ajudar o Brasil é aumentar o imposto em Manaus?", declarou o presidente. Bolsonaro também criticou uma fala do senador Omar Aziz (PSD-AM), crítico do governo do corte no IPI, e negou que a medida possa gerar desemprego no Amazonas.

A liminar concedida por Moraes em 6 de maio suspendeu parte do decreto de Bolsonaro que havia ampliado de 25% para 35% a redução de alíquotas do IPI. A decisão, que vale para produtos no País que também são produzidos na ZFM, ainda precisa ser analisada pelo plenário da Corte.