IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

G24 pede que comunidade internacional amplie liquidez global para lidar com 'múltiplos' choques

São Paulo, 11

11/04/2023 17h29

O G24, grupo que inclui Brasil e outros países emergentes, defendeu nesta terça-feira, que a comunidade internacional deve implementar mais medidas de apoio para expandir a liquidez global.

O apelo aparece em comunicado redigido em encontro de ministros das Finanças e presidentes de bancos centrais realizado no âmbito das Reuniões de Primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington D.C.

Segundo a nota, o mundo enfrenta múltiplas crises e choques que ameaçam a estabilidade e limitam o espaço para ajustes macroeconômicos em muitos países.

"O crescimento global permanece abaixo dos níveis pré-pandemia, com riscos fortemente inclinados para baixo, e muitos mercados emergentes e economias em desenvolvimento (EMDEs) devem crescer abaixo de seu potencial em 2023", alerta o texto.

O grupo pede que mais países se juntem aos esforços para ampliar a capacidade de empréstimo do Fundo Fiduciário de Resiliência e Estabilidade (RTS, na sigla em inglês), iniciativa do FMI voltada para economias mais pobres.