IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Lula sancionará na sexta projeto de reajuste salarial de 9% a servidores federais

O presidente Lula em evento no Palácio do Planalto - 20.abr.2023 - Evaristo Sá/AFP
O presidente Lula em evento no Palácio do Planalto Imagem: 20.abr.2023 - Evaristo Sá/AFP

Bruno Luiz

Em São Paulo

27/04/2023 18h05Atualizada em 27/04/2023 19h32

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionará, em cerimônia na sexta-feira, 28, o projeto de lei que reajusta em 9% os salários dos servidores públicos federais civis, incluindo aposentados e pensionistas. O aumento foi aprovado na quarta, 26, pelo Congresso Nacional e começa a contar na folha de 1º de maio, sendo pago a partir de 1º de junho.

O projeto também prevê reajuste de R$ 200 no auxílio-alimentação, que passa de R$ 458 para R$ 658.

Segundo o Ministério da Gestão, o impacto do aumento salarial nas contas públicas é de R$ 11 bilhões e já estava previsto no Orçamento deste ano. Mesmo assim, será necessário abrir um crédito adicional de R$ 280 milhões para complementar o pagamento.

Esse é o primeiro reajuste para servidores públicos desde 2016.

De acordo com informações do Painel Estatístico de Pessoal, do Ministério do Planejamento, há cerca de 560 mil servidores públicos na ativa no Executivo, sendo 47% na administração direta federal, 39,7% em autarquias federais e 12,9% em fundações federais.