IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Gasolina e diesel ficam mais baratos, mas GLP paga prêmio em relação ao exterior, diz Cbie

Rio

18/05/2023 13h12

O Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie) avalia que a redução no preço dos combustíveis anunciada pela Petrobras esta semana fez com que a defasagem em relação ao mercado internacional passasse de positiva para negativa, no caso da gasolina e do diesel. O GLP (gás de cozinha), porém, manteve um prêmio em relação ao preço externo, o que afeta principalmente o preço do botijão de 13 quilos.

Segundo o Cbie, no fechamento de quarta-feira, a gasolina vendida no Brasil estava custando 15% menos que a comercializada no exterior; o diesel estava 9% mais barato; enquanto o gás de cozinha manteve-se 27,27% mais caro em relação ao mercado internacional, deixando margem para uma queda de R$ 0,54 por quilo, depois de a estatal já ter reduzido o preço desse combustível usado para cozinhar em R$ 0,69.

Na quarta-feira, mesmo dia em que a estatal reduziu os preços de combustíveis nas suas refinarias - o que deve voltar a acontecer em julho, segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad -, o petróleo disparou 2,74%, para US$ 76,96 o barril. Já nesta quinta-feira, 18, o petróleo recuava 0,90%, a US$ 76,27, reafirmando o alto grau de volatilidade da commodity.

A expectativa do mercado é de que o preço do petróleo suba no segundo semestre, puxado pelo aumento de consumo sazonal de gasolina e diesel nas férias no hemisfério norte.