IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Petrobras divulga Caderno de Direitos Humanos e Cidadania Corporativa

São Paulo

19/05/2023 12h07

A Petrobras divulgou nesta sexta-feira, 19, a edição inaugural do Caderno de Direitos Humanos e Cidadania Corporativa referente ao ano de 2022. O caderno apresenta indicadores, metas e ações da empresa relacionadas a direitos humanos e cidadania corporativa.

Em comunicado ao mercado, a empresa explica que o documento traz uma prestação de contas anual e reforça os compromissos assumidos pela companhia: Pacto Global da ONU; Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça; Princípios de Empoderamento das Mulheres; Declaração de Compromisso Corporativo no Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes; Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo; Carta Aberta Empresas pelos Direitos Humanos; Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial; Rede Nacional Primeira Infância.

"Para promover o respeito aos direitos humanos e à diversidade, a Petrobras assume o compromisso de capacitar 100% dos empregados nesse tema até 2025. Além disso, a Petrobras estruturou um manual de processo de due diligence em direitos humanos integrado nas operações da companhia, com a meta de alcançar 100% das operações da empresa até 2025", afirma.

No tema de diversidade e inclusão, a empresa destaca os Programas de Mentoria Feminina, criado para incentivar a inserção e permanência de mulheres em posições de liderança e a criação de grupos de trabalho para aumentar a equidade e inclusão na força de trabalho.

A atuação da Petrobras em Direitos Humanos também contempla a cadeia de fornecedores e parceiros e as comunidades onde a empresa atua, incentivando boas práticas, como combate à discriminação e ao assédio, promoção da diversidade e enfrentamento do trabalho escravo e infantil.

Entre as práticas de cidadania corporativa, o caderno destaca as doações, voluntariado, patrocínios culturais e esportivos e o investimento voluntário em projetos sociais e ambientais por meio do Programa Petrobras Socioambiental.