IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Ministro anuncia linha de US$ 100 milhões do BID para provedores de internet

Ministro Juscelino Filho (Comunicações) - Isac Nóbrega / MCom
Ministro Juscelino Filho (Comunicações) Imagem: Isac Nóbrega / MCom

Circe Bonatelli

Em São Paulo

24/05/2023 17h47Atualizada em 24/05/2023 18h45

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, anunciou hoje a liberação de duas linhas de recursos para atender as empresas de internet.

Isso foi feito durante o encontro nacional do setor, organizado pela Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), em São Paulo.

Juscelino Filho anunciou uma linha de crédito de US$ 100 milhões (cerca de R$ 500 milhões) para que os pequenos provedores possam investir no desenvolvimento de redes.

Os recursos sairão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) com intermediação da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), ligada ao Ministério da Economia.

"Criamos o programa de ampliação de acesso ao crédito para investimento em redes de comunicação, com recursos de US$ 100 milhões, via BID. Prevê-se aí mecanismos garantidores para dar maior facilidade de acesso ao crédito aos pequenos provedores", destacou.

O ministro também reiterou que serão liberados mais de R$ 2 bilhões do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para investimentos no setor em 2023. Parte dos recursos será emprestada por meio de taxas de juros mais atrativas que as de mercado, enquanto outra parte será repassada a projetos sem exigência de reembolso.

A definição dos projetos e a aplicação dos recursos ficarão com o comitê gestor do Fust. Os projetos elegíveis são aqueles focados em conectividade para escolas públicas, desenvolvimento de redes de infraestrutura para conexão, serviços móveis 4G e 5G e inclusão digital nos municípios.

"Um dos grandes desafios é que pequenos provedores também tenham acesso a recursos do Fust", comentou o ministro.