Light sai de lucro para prejuízo de R$ 10,1 milhões no 3º trimestre

A distribuidora de energia Light apresentou prejuízo líquido de R$ 10,1 milhões no terceiro trimestre deste ano, ante lucro de R$ 1,1 milhão sobre o mesmo intervalo de 2022, conforme divulgação realizada no período da noite da quinta-feira, 9. Contudo, no acumulado do ano, até setembro, a empresa acumula lucro de R$ 205,6 milhões, revertendo prejuízo de R$ 178,2 milhões anotado no mesmo período do ano passado.

No demonstrativo de resultados, a administração informou que os principais objetivos das medidas de proteção foram alcançados: garantir a normalidade da operação da distribuidora, mantendo a qualidade, a continuidade e a expansão do sistema elétrico no Rio de Janeiro, e garantir a adimplência da empresa com as metas regulatórias e obrigações intrasetoriais, além de iniciar os processos para a readequação da estrutura de capital e renovação da concessão da distribuidora em bases sustentáveis.

A receita operacional líquida da Light cresceu 2,8% no trimestre encerrado em setembro, a R$ 5,335 bilhões.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado do período somou R$ 517,4 milhões, uma redução de 14,7% em relação ao mesmo intervalo de 2022.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes