Moody's: crescente polarização política nos EUA exacerba riscos fiscais

A Moody's alerta que a crescente polarização política no Congresso dos Estados Unidos exacerba os riscos fiscais, em um fenômeno que tende a limitar a capacidade das autoridades de lidar com a deterioração da sustentabilidade da dívida pública.

Entre os fatores que compõem esse cenário de divisões, a agência cita recentes impasses em relação ao teto da dívida, a deposição do presidente da Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy, a dificuldade em encontrar um sucesso para o republicano e as ameaças de uma nova paralisação das atividades do governo.

No comunicado em que informa revisão da perspectiva do rating Aaa dos EUA para negativa, a Moody's afirma que a polarização deve continuar. "Como resultado, parece extremamente difícil construir um consenso político em torno de um plano plurianual abrangente e crível para deter e reverter o aumento dos déficits fiscais através de medidas que aumentem as receitas do governo ou reformem as despesas com direitos", ressalta.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes