Serviços e Comércio geram 36,1 mil vagas de emprego no Estado em setembro, diz FecomercioSP

Os setores de Serviços e Comércio geraram, juntos, 36,1 mil vagas de emprego com carteira assinada no Estado de São Paulo em setembro, aponta pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) a partir de dados do Caged do mês.

Do total de vagas geradas em setembro, 29,4 mil foram criadas nos Serviços e 6,7 mil no Comércio. Em agosto, os saldos foram de 37,7 mil nos Serviços e de 13,1 mil no Comércio.

Apesar da desaceleração no ritmo de criação de vagas na margem em Serviços, a FecomercioSP destaca que 13 dos 14 segmentos que compõem o setor registraram saldo positivo no mês.

O principal destaque, segundo a entidade, foi o desempenho da categoria de Serviços Administrativos e Complementares, em que houve saldo positivo de 12.634 vagas. Em seguida, aparecem os serviços de Alojamento e Alimentação (5.123 vagas) e Transporte, Armazenagem e Correio (3.718).

Já no Comércio, a entidade avalia que houve frustração no mês, dado que a expectativa era de geração líquida de ao menos 10 mil novos postos de trabalho.

O maior saldo positivo no comércio em setembro foi registrado no Varejo (3.450), seguido pelo Comércio Atacadista (2.467) e pelo segmento de Comércio e Reparação de Veículos (807).

À frente, a FecomercioSP destaca que espera um aumento mais significativo no ritmo de criação de vagas no Comércio, puxado pelas vagas destinadas às demandas de fim de ano, com destaque para os segmentos de Gêneros Alimentícios, Vestuário e Calçados.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes