Taxa de desemprego no Reino Unido fica estável; salários desaceleram e sobem 7,7%

A taxa de desemprego do Reino Unido permaneceu estável em 4,2% no trimestre até setembro, em relação aos três meses até agosto, segundo dados publicados nesta terça-feira, 14, pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) do país. O resultado veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Já o salário semanal médio, excluindo-se bônus, mostrou avanço anual de 7,7% entre julho e setembro, conforme o levantamento. Também em linha com as expectativas, o número representa uma desaceleração em relação aos 7,9% registrados nos três meses até agosto, quando atingiu máxima histórica, observa o ONS.

O comportamento do mercado de trabalho britânico é considerado um dos pontos centrais pelo Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) em suas decisões monetárias.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes