BCE: Lagarde alerta sobre riscos para estabilidade financeira, diante de juros restritivos

Presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde alertou nesta quinta-feira, 16, sobre possíveis riscos futuros para a estabilidade financeira, em um ambiente de taxas de juros restritivas. Segundo ela, o sistema financeiro europeu conseguiu evitar um cenário pior e com efeitos mais severos no início deste ano, mas vulnerabilidades permanecem.

"Nós, formuladores de políticas, precisamos ficar alertas e sermos proativos para evitar riscos à estabilidade financeira da União Europeia (UE)", defendeu, em discurso preparado para a Conferência Anual do Conselho de Risco Sistêmico Europeu. "Lista de instituições vulneráveis permanece longa e canais de contágio podem ressurgir".

Entre os riscos, Lagarde destacou possível aceleração dos empréstimos inadimplentes, redução do lucro bancário e da participação de bancos europeus em títulos de renda fixa, em meio a um período de crescimento econômico e custos elevados de serviço, devido aos juros em níveis restritivos. Para a presidente, fundos do mercado monetário e de investimento são especialmente vulneráveis a estas condições.

"Nossa opinião continua sendo a de que todas as instituições relevantes precisarão continuar a tomar medidas para evitar que esses riscos se materializem no médio prazo", concluiu Lagarde.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes