Bolsas da Europa exibem ganhos, após quadro misto de quinta e antes do CPI da zona do euro

Os mercados acionários da Europa exibem ganhos nas primeiras horas desta sexta-feira, 17, após o sinal misto visto na quinta-feira, quando o sinal negativo prevaleceu. Há expectativa pela publicação, às 7h (de Brasília), da leitura final do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro de outubro. Mais cedo, a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, discursou, mas não tocou na política monetária nem na inflação da região.

Às 6h40 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 operava em alta de 0,88%, em 455,25 pontos.

O ritmo da inflação na zona do euro é crucial para os próximos passos do BCE, o que influi também no apetite por ações. O ING comenta que a desaceleração inflacionária, um mercado de trabalho que perde fôlego e a expectativa por receitas corporativas mais baixas devem fazer com que o crescimento dos salários tenha um pico antes de meados do próximo ano na zona do euro. O banco considera que o BCE espera mais clareza sobre isso, mas para o ING o quadro pode abrir a porta para cortes nos juros antes do atualmente esperado.

Lagarde falou mais cedo, mas sem tocar no assunto, com foco na defesa de uma união dos mercados de capital da Europa. Outros dirigentes do BCE devem se pronunciar nesta sexra, e às 7h (de Brasília) há expectativa pela inflação.

No Reino Unido, as vendas no varejo recuaram 0,3% em outubro ante setembro, quando analistas ouvidos pela FactSet previam alta de 0,3%. O dado tende a reforçar apostas de trajetória menos dura pelo Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), diante da fraqueza da atividade no país, política monetária que tende a apoiar ações locais.

Às 6h55 (de Brasília), a Bolsa de Londres subiu 0,88%, Frankfurt avançava 0,74%, Paris ganhava 0,83%, Milão operava em alta de 0,78% e Lisboa, de 0,53%. No câmbio, o euro avançava a US$ 1,0856 e a libra tinha alta a US$ 1,2414, esta revertendo a fraqueza vista logo após o dado de varejo britânico.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes