BC da Suíça mantém juros e vê pressão menor na inflação, mas ainda alerta para incertezas

O Banco Central da Suíça (SNB, na sigla em inglês) decidiu nesta quinta, 14, manter sua taxa básica de juros em 1,75%, em linha com o esperado pelo mercado. Em comunicado, ele diz que está disposto a ter postura ativa no mercado cambial, conforme necessário, e menciona que as pressões inflacionárias "têm diminuído levemente, ao longo do último trimestre. Ao mesmo tempo, comenta que a incerteza "permanece elevada". Segundo o SNB, a inflação de 1,4% em novembro ficou abaixo dos meses anteriores. Deve haver agora algum ganho de impulso no curto prazo, mas ocorreu revisão para baixo mais adiante nas expectativas para os preços, informa o comunicado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes