Criptomoedas: bitcoin cai, com dúvidas sobre ETF à vista nos EUA e de olho em ata do Fed

O preço do bitcoin amargou perdas nesta quarta-feira, 3, conforme crescem temores de que a Securities and Exchange Comission (SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA) possa recusar as principais propostas para o ETF de bitcoin à vista. A votação deve acontecer na próxima semana, e uma aprovação facilitaria a entrada de investidores institucionais no mercado cripto.

Por volta das 17h40 (de Brasília), o bitcoin caía 5,54%, a US$ 42.605,52 e o ethereum recuava 6,98%, a US$ 2.207,92, segundo a Binance.

Hoje, a ata referente à mais recente reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed) mostrou que dirigentes veem juros no pico ou perto dele atualmente, mas ainda estão incertos sobre o início do ciclo de cortes. A divulgação do documento deixou os mercados voláteis, com consequências também no universo cripto, que observa notícias sobre o ETF à vista.

Um relatório da Matrixport - que aponta que a Sec não aprovará o ETF de bitcoin à vista - repercutiu negativamente entre traders e pesou sobre o preço do bitcoin e do ethereum, que sofreram forte baque pela manhã.

Segundo Carsten Menke, chefe de Pesquisa de Próxima Geração da Julius Baer, as criptomoedas se beneficiaram recentemente da possibilidade de cortes precoces nas taxas de juros do Fed e escalaram a níveis altíssimos. Ele pondera também, que a chance dos EUA aprovarem o ETF ainda é muito alta, visto que o debate acontece há tempos e vem angariando apoio de grandes setores da sociedade.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes